quinta-feira, 11 de maio de 2017

O AUTOCARRO E O SIGNIFICADO DOS SONHOS

Eu estava "colado" ao passeio do Jardim Municipal. Era final da tarde, talvez muito perto das sete horas. Havia maior azáfama no ar e o motorista sentado ao volante do seu Scania, tinha já o motor a trabalhar. Na garagem passageiros de última hora, procuravam na bilheteira comprar o título de transporte que pudesse dar acesso à viagem até ao Faial, a Santana ou até mais além a S. Jorge. O bilheteiro ajudava nas bagagens ora subindo a escada traseira até ao tejadilho, onde uma grelha metálica amparava os volumes dos viajantes. E havia de tudo um pouco, desde malas a trouxas de roupa, materiais de construção comprados à pressa numa loja da cidade. Divertia-me a ver todo aquele entusiasmo já quase ao lusco-fusco, na garagem dos Autocarros do Faial, ali mesmo resvés com a Igreja Presbiteriana e do seu jardim. Um homem com uma farda branca e um tabuleiro pendurado ao pescoço, vendia doces e guloseimas. Rebuçados caseiros, embrulhados em papel branco que se colavam as dedos. Broas de milho, enfarta-brutos para matar a fome na longa viagem. Um vulto acercava-se das janelas com os vidros entreabertos, procurando vender revistas ou livros baratos. De vez em quando, alguém levantava-se e descia os três ou quatro degraus do veículo, em busca de uma fotonovela, um romance cor de rosa, ou a Crónica Feminina, muito em voga. No entanto, penso que o livro mais procurado, o best-seller do momento, era aquele que as meninas mais ansiavam, nada mais nada menos que o Livro da Interpretação dos Sonhos. E eu ficava embasbacado, indeciso, sem compreender o motivo de tanta procura. Entretanto, os passageiros retomaram os seus lugares. O automóvel iniciou a sua marcha descendo a Rua Silvestre Pestana, contornando a placa da Avenida Arriaga e desapareceu no horizonte. Só o homem com a pasta carregada de revistas, ficou sentado num dos bancos de madeira da garagem. Possivelmente, aguardaria o próximo autocarro e com ele, de novo haveriam clientes curiosos em busca de compreender o significado que cada um teria em vindouros sonhos.              

Sem comentários: